Skip to main content
Recursos serão utilizados para reembolso de capital e despesas relacionadas ao projeto do Metrô Salvador e Lauro Freitas, na capital baiana e região metropolitana / CCR Bahia
Recursos serão utilizados para reembolso de capital e despesas relacionadas ao projeto do Metrô Salvador e Lauro Freitas, na capital baiana e região metropolitana / CCR Bahia

Grupo CCR capta R$ 960 milhões em emissão de duas séries de debêntures

Empresa, uma das cinco maiores concessionárias de infraestrutura da América Latina, fortalece fluxo de caixa com operação.
por Ingrid Rojas
publicado em22/02/2021

Para receber nossa newsletter diária inscreva-se aqui!

A concessionária CCR emitiu títulos no mercado brasileiro no valor de R$ 960 milhões em duas séries:

  • Primeira série no valor de R$ 480 milhões, com juros equivalentes à taxa DI + 2,2000% e prazo de seis anos (vencimento em 15 de dezembro de 2026).
  • Segunda série por R$ 480 milhões e taxa equivalente ao IPCA + 4,2500% com prazo de oito anos (vencimento em 15 de dezembro de 2028).

O escritório Machado Meyer Advogados assessorou a CCR na oferta pública de títulos correspondente à décima quarta emissão, aprovada em 18 de novembro pelo conselho de administração da companhia e liquidada em 18 de dezembro.


Você pode se interessar: CCR compra terrenos para construir novo aeroporto de São Paulo


Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados assessorou o Banco Itaú BBA e o Banco BTG Pactual como coordenadores.

A emissão recebeu o rating "Ba2" da Moody's, de acordo com relatório de 25 de novembro que esclarece que os recursos obtidos na emissão da primeira série serão usados ​​para fortalecer a posição de caixa da empresa em antecipação às necessidades de refinanciamento no primeiro trimestre de 2021.

Os títulos correspondentes à segunda série foram emitidos na forma de obrigações de infraestrutura e os recursos arrecadados serão usados para ressarcimento de capitais e despesas relacionadas às obras do Metrô de Salvador, na capital baiana e região metropolitana, onde a concessionária é subsidiária da CCR.

O Grupo CCR é considerado um dos cinco maiores de infraestrutura da América Latina. Fundado em 1999, administra rodovias e trabalha com mobilidade urbana, aeroportos e serviços.


Assessores jurídicos

Assessores da CCR S.A.:

  • Machado Meyer Advogados: sócios Adriano Schnur Gabriel Ferreira e Paulo Markossian Nunes. Advogados Renan Valverde Granja e Thatiana Rodrigues Duarte De Siqueira.

Assessores do Banco Itaú BBA S.A. e Banco BTG Pactual S.A.:

  • Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados: sócia Marina Anselmo Schneider. Associados Natalia De Santis e Henrique Kasai.

Veja também:

Via Lagos realiza quinta emissão de debêntures e obtém 214 milhões de reais

Grupo CCR realiza emissão de títulos e capta 138,5 milhões de dólares

Una-se à discussão!

HTML Restringido

  • Allowed HTML tags: <a href hreflang> <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Web page addresses and email addresses turn into links automatically.