Skip to main content
Em situações extremas, como uma pandemia, tudo acontece muito rapidamente e não há tempo a perder escrevendo um e-mail formal ou agendando uma ligação / Pixabay
Em situações extremas, como uma pandemia, tudo acontece muito rapidamente e não há tempo a perder escrevendo um e-mail formal ou agendando uma ligação / Pixabay

Os serviços jurídicos se adaptam às novas realidades, na opinião de um Diretor Jurídico

Ficou demonstrado que empresas de sucesso são aquelas que estão abertas a revisar o modelo de negócios e construir com seus clientes serviços que se adaptem às novas realidades
por Diego Thomás Castagnino
publicado em06/10/2020
Compartilhar

Para se inscrever no boletim informativo, na newsletter de Gestão LexLatin, clique aqui.

A pandemia causada pela Covid-19 gerou mudanças na forma como trabalhamos, estudamos e nos relacionamos. Algumas das mudanças serão temporárias, mas outras estão aqui para ficar.

Como advogados, temos a reputação de sermos formais, rígidos e com alguma resistência à tecnologia, mas durante a pandemia a maioria de nós mostrou o contrário. Nós nos adaptamos às mudanças e saímos mais fortalecidos.

Nas linhas a seguir, pretendo compartilhar minha experiência nos últimos meses de minha função como Diretor Jurídico da PepsiCo para a Venezuela, América Central e Caribe, em relação aos serviços que recebo dos diversos escritórios de advocacia com os quais trabalhamos na região e a forma que nos adaptamos a novas realidades.

Com a pandemia vieram as regulações e a necessidade das empresas estarem atentas ao que se passa em cada país, especialmente para quem trabalha em setores prioritários como a alimentação, que temos conseguido manter as operações devido à importância para a população.

Durante os primeiros meses, os decretos presidenciais, resoluções ministeriais, protocolos, declarações de autoridades, entre outros, surgiram praticamente diariamente e quase com a mesma rapidez foram corrigidos, ampliados ou substituídos.

Os dias se passaram entre a análise dos impactos das novas regulamentações em nossas operações, fornecedores e clientes, obtenção de conduta segura, atendimento às fiscalizações em nossas instalações por parte de autoridades governamentais e a busca de formas de contribuir com nossas comunidades.

Diante deste cenário durante aqueles dias o apoio de nossos advogados externos foi fundamental. Juntos tivemos que construir uma nova forma de trabalhar.

Em primeiro lugar, mudar a forma como nos comunicamos e buscar meios mais eficientes e mensagens mais concisas.

Uma ferramenta muito útil para conseguir uma comunicação eficiente com nossos advogados externos foi o WhatsApp, seja para comunicação individual ou grupos de trabalho.

Desta forma, pudemos estabelecer um novo canal de comunicação que se mostrou ágil, seguro e que temos mantido e manteremos para que advogados externos nos informem em tempo real sobre as novas regulações, esclareçam nossas dúvidas e coordenem as ações necessárias que possam surgir em cada país.

Durante situações extremas como uma pandemia, tudo acontece muito rápido e não há tempo a perder escrevendo um e-mail formal ou agendando uma chamada telefônica. Felizmente, todas as firmas aceitaram tudo isso de forma positiva e o resultado foi ótimo.

Além disso, meus clientes internos dentro da empresa também passaram a se comunicar internamente com mais frequência por meio de grupos do WhatsApp®, facilitando assim a transmissão de notícias ocorridas em tempo real aos nossos líderes nas diferentes áreas do negócio, facilitando a tomada de decisão.

Algumas firmas tiveram dificuldade em determinar quais informações eram relevantes para nós. No entanto, quem conheceu e compreendeu o nosso negócio, políticas, princípios e valores, conseguiu prestar de imediato um serviço eficiente, com valor agregado e muito mais personalizado.

Em situações de crise, a gestão do tempo é essencial e obter aconselhamento personalizado pode fazer a diferença na escolha de com quem trabalhar. As opiniões mais úteis são as concisas, que fornecem soluções, destacam os riscos e apontam as probabilidades de ocorrência.

Acredito que a maioria dos nossos advogados externos entendeu que agilidade é fundamental e que, para nos assessorar em tempo real, devem flexibilizar, utilizar os meios mais adequados, mensagens mais concisas e voltadas para o nosso negócio.

Da mesma forma, o entorno nos obrigou a ser mais estratégicos, a encontrar uma forma de nos anteciparmos aos acontecimentos, de garantirmos a continuidade operacional do nosso negócio. Para isso, a troca de experiências e boas práticas com os escritórios de advocacia tem sido muito importante.

É claro que, devido às medidas de confinamento, esses espaços de troca com nossos advogados externos tiveram que ser realizados virtualmente, sempre buscando a maior eficiência e as melhores ferramentas para videoconferências.

O uso de plataformas virtuais começou a ser percebido inclusive em processos judiciais e arbitrais, onde nossos advogados externos puderam assistir a audiências e defender com sucesso nossos direitos e interesses.

Definitivamente foram momentos de maior exposição para aquelas firmas que já possuíam uma plataforma tecnológica robusta e com certo conhecimento no manejo de tecnologias e uma grande oportunidade de melhoria para quem não possuía as ferramentas tecnológicas e a experiência.

Menção especial e reconhecimento merecem os escritórios de advocacia que, desde antes da pandemia, tiveram a documentação de seus clientes digitalizada e armazenada em nuvem.

Com os tribunais e cartórios fechados, tem sido muito útil o apoio de advogados externos que conseguem localizar rapidamente as informações solicitadas.

Definitivamente, aquelas firmas que tradicionalmente faziam uso da tecnologia aproveitaram a crise e conseguiram se destacar e prestar um serviço muito mais eficiente.

Estou convencido de que a pandemia mudou definitivamente a forma como os serviços jurídicos devem ser prestados, percebemos que “menos é mais” e que podemos ser iguais ou mais eficientes em muitas áreas do que antes da pandemia, fazendo as coisas de uma forma diferente e usando os benefícios da tecnologia.

A pandemia ainda não acabou, mas por enquanto está demonstrado que os escritórios de advocacia de sucesso serão aqueles que conhecem as necessidades de seus clientes, os setores em que atuam, que são flexíveis e abertos para revisar seu modelo de negócios e construir com os seus clientes serviços que se adaptam às novas realidades.

* Diretor Jurídico da PepsiCo para Venezuela, América Central e Caribe.

Una-se à discussão!

HTML Restringido

  • Allowed HTML tags: <a href hreflang> <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Web page addresses and email addresses turn into links automatically.