Skip to main content
Bruno Dreifus atua na área de mercado de capitais, M&A e direito societário
Bruno Dreifus atua na área de mercado de capitais, M&A e direito societário

Bruno Dreifus responde ao Questionário LexLatin

Advogado é um dos novos sócios do Trench Rossi Watanabe.
por Luciano Teixeira
publicado em24/07/2020
Compartilhar
Tags

Brasil

Bruno Dreifus atua na área de mercado de capitais, M&A e direito societário. O advogado começou no Trench Rossi Watanabe em 2010 como associado e desde então acumulou vasta experiência em operações envolvendo companhias abertas e fechadas, assessorando diversos clientes em transações de aquisição, joint venture, reestruturações, auditoria jurídica, compra e venda de ativos e ofertas públicas. Ele responde ao Questionário LexLatin.

Que filme / romance na área jurídica você recomendaria?

Uma recomendação definitiva na área jurídica é Erin Brokovich (2000). Um filme clássico e muito premiado, que, apesar de adaptações da história para realce cinematográfico, apresenta um impressionante enredo baseado em fatos reais sobre uma intrigante batalha no âmbito jurídico.

O que você mais gosta e não gosta na profissão de advogado?

A profissão de advogado apresenta, em minha visão, uma dicotomia interessante. De um lado, a maior gratificação da profissão surge quando somos capazes de alcançar uma conciliação, alinhar os interesses das partes e/ou resolver um conflito – a sensação de dever cumprido. De outro, o maior desgaste da profissão decorre da pressão, longas horas e a intensidade de conflitos que observamos e que geram angústias e incertezas: o maior fardo da profissão. 

Qual foi o melhor investimento em sua carreira profissional?

Diria que, em meu caso, tive dois grandes investimentos. Primeiramente, a escolha por focar em uma única faculdade de primeira linha – USP – para minha formação. A faculdade me forneceu acesso a grandes professores, um ambiente extremamente desenvolvido e capaz de fornecer uma base técnica de alto nível. Em segundo, diria que da mesma forma também foi um grande investimento focar minha carreira em um escritório de primeira linha, que apresentava um programa de treinamento, desenvolvimento pessoal e oportunidades que me permitiram atingir o primeiro objetivo de minha carreira, que era a sociedade.

Quais são seus objetivos de curto, médio e longo prazo em seu novo cargo?

Neste ponto, em breves linhas, é difícil segregar os objetivos em fases, mas diria que tenho por objetivo auxiliar no fortalecimento e estruturação do grupo de direito transacional do escritório, focando especialmente nas práticas de M&A. Ao mesmo tempo, busco consolidar uma posição de maior referência para nossos clientes e no mercado, inclusive, dentro do próprio escritório.

Como um advogado pode desenvolver sua marca pessoal?

A meu ver, o desenvolvimento da marca pessoal de um advogado está intrinsicamente associado com desenvolvimento de sua qualidade técnica e comercial. O desenvolvimento da técnica permite a ele compreender o problema, ter convicção e segurança em suas opiniões e, assim, transmitir a segurança e confiança necessárias a seus clientes. Por outro lado, a qualidade comercial permite compreender como a técnica pode ser aplicada na situação prática que lhe é apresentada. Assim, estas características permitem ao advogado transmitir a segurança necessária e se tornar um ponto de referência para clientes e colegas. 

Cite alguém (um exemplo a ser seguido, um tutor) que influenciou sua carreira?

É difícil se ater a um único nome, pois muitas pessoas influenciaram significativamente e positivamente minha carreira. Mas, para ao menos apresentar um nome, diria que o Dr. Nazir Takieddine foi sempre uma grande influência em meu desenvolvimento profissional pela sua qualidade técnica e comercial, dedicação ao trabalho e a seus clientes.

Una-se à discussão!

HTML Restringido

  • Allowed HTML tags: <a href hreflang> <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Web page addresses and email addresses turn into links automatically.