bastidores governo Bolsonaro

Negacionismo, críticas à vacinação em massa da população e defesa de medicamentos sem eficácia comprovada fazem parte da estratégia/ Facebook
Com a conivência do presidente, “gabinete do ódio” tenta minar a democracia por dentro.