Direito e redes sociais

Pressionada por múltiplos escândalos, a empresa principal empresa de Mark Zuckerberg passa agora a focar na realidade virtual/Anthony Quintano
Proposta de realidade virtual do Facebook ainda é um terreno filosoficamente novo - mas é juridicamente coberto?