Skip to main content
En la Ronda Intracampos fueron ofertados ocho bloques terrestres ubicados en la Cuenca Oriente / Fotolia
En la Ronda Intracampos fueron ofertados ocho bloques terrestres ubicados en la Cuenca Oriente / Fotolia

O Equador adjudica contratos de participação a Gran Tierra Energy e Frontera Energy

As empresas assinaram contratos de três e dois blocos, respectivamente, da Bacia Oriente
por Ingrid Rojas
publicado em18/06/2019
Compartilhar
Tags

Ecuador

A Gran Tierra Energy Inc.Frontera Energy CorporationPetróleos Sudamericanos del Ecuador Petrolamerec S.A. e GeoPark Limited resultaram adjudicadas com Contratos de Participação Compartilhada para a exploração de hidrocarbonetos.

A adjudicação foi através do Ministério de Energia e Recursos Naturais Não Renováveis do Equador na XII Rodada Petroleira Intracampos.

O processo foi registrado em 22 de maio.

FERRERE (Equador) assistiu a Gran Tierra Energy e a Frontera Energy em todas as etapas da rodada de licitação, iniciada em setembro passado.

Em LexLatin, consultamos sobre os assessores da Petróleos Sudamericanos del Ecuador Petrolamerec S.A., mas ao encerramento desta edição não obtivemos resposta. 

Outorgou-se a Gran Tierra Energy três contratos (blocos de petróleo Charapa, Chanangue e Iguana) - de um total de sete oferecidos - e a Frontera Energy, dois contratos (blocos de petróleo Perico e Espejo). Esta última se associou com GeoPark Limited e conformou um consórcio para participar na licitação.

Outorgaram a Petróleos Sudamericanos del Ecuador Petrolamerec S.A. dois contratos (blocos de petróleo Arazá Este e Sahino). 

Soubemos que GeoPark recebeu apoio de Bustamante & Bustamante, mas a firma não respondeu as solicitações de informação de LexLatin. 

Soube-se que o Ministério de Energia equatoriano foi assessorado pela consultora Wood Mackenzie (Wood Mack). 

Os lotes terrestres designados são parte do bloco XXX da região amazônica equatoriana, localizada na chamada Bacia Oriente.

Os contratos foram adjudicados no mês de março.

A Gran Tierra Energy projeta investimentos por USD 183 milhões na fase de exploração que se estende durante os primeiros quatro anos dos contratos assinados, enquanto que a Frontera Energy os calcula em USD 105 milhões.

FERRERE explicou que com o mecanismo contratual que retomou o país, a empresa privada assume 100% do risco, enquanto que a produção é compartilhada com o Estado.

Ademais, agregou que se calcula que para 2024 os Intracampos aportarão ao redor de 18 mil barris por dia à produção nacional de hidrocarbonetos do Equador.

“Este acordo é importante devido à grande quantidade de investimento que dará lugar a muitas novas oportunidades nos próximos 24 anos”, comentou o escritório.

A Gran Tierra produz petróleo e gás na Colômbia e Equador.

A Frontera Energy produz gás natural e petróleo com foco na América Latina. A companhia participa em mais de 25 blocos na Colômbia e no Peru.

Com operações na Colômbia, Peru, Argentina, Chile e Brasil, a GeoPark entrou ao mercado equatoriano através da outorga dos blocos Perico e Espejo.


Assessores legais

Assessores da Gran Tierra Energy Inc.:

  • FERRERE (Quito): Sócios Javier Robalino Orellana e Andrés Donoso. Associado sênior Rafael Valdivieso. Associados Bruno Pesantes e Gustavo Almeida.

 

Assessores da Frontera Energy Corporation:

  • FERRERE (Quito): Sócios Javier Robalino Orellana e Andrés Donoso. Associado sênior Rafael Valdivieso. Associado Bruno Pesantes.

Una-se à discussão!

HTML Restringido

  • Allowed HTML tags: <a href hreflang> <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Web page addresses and email addresses turn into links automatically.