Skip to main content
Dimed produz, distribui e comercializa medicamentos, cosméticos e alimentos em mais de 450 lojas/Dimed
Dimed produz, distribui e comercializa medicamentos, cosméticos e alimentos em mais de 450 lojas/Dimed

Acionistas brasileiros da Dimed modificam pacto assinado em 2019

Operação foi necessária para que a empresa realizasse uma oferta primária e secundária de ações
por Ingrid Rojas
publicado em29/10/2020

Os acionistas controladores da Dimed, distribuidora brasileira de medicamentos que representa as marcas Dimed, Panvel e Lifar, modificaram o acordo firmado em setembro de 2019, quando o Kinea Private Equity IV Master Fundo de Investimento em Participações ingressou na empresa.

Na operação, que foi concluída em 31 de julho, o MBZ Advogados representou os acionistas controladores privados.

A firma Veirano Advogados assessorou o Kinea IV FIP na renegociação do acordo de acionistas, necessário para os fins da oferta pública de distribuição primária e secundária das ações Dimed, aprovada em 10 de julho pelo Conselho de Administração da Companhia.

Em 27 de setembro de 2019, a Kinea passou a fazer parte do grupo de controle da empresa e integrar as famílias Mottin, Weber e Pizzato.

O acordo de acionistas então assinado incluía restrições à venda de ações, disposições sobre direitos de venda conjunta e o direito de exigir a venda, procedimentos para reuniões anteriores e exercício de direitos de voto, eleição de membros do conselho de administração e funcionamento de reuniões de representantes anteriores. Além disso, continha disposição expressa que previa a rescisão do contrato em caso de oferta qualificada.

Embora a essência do acordo tenha sido mantida, foram feitas modificações para atualizar as partes a ele relacionadas, inserir restrições à venda privada de ações a concorrentes e alterar as regras aplicáveis ​​no procedimento de venda privada de ações e venda em bolsa no âmbito do exercício do direito de preferência. Além disso, o acordo consolida as regras de governança, estabelece disposições para alterar a composição do conselho de administração da companhia e reduzir os percentuais mínimos de participação para garantir a nomeação dos diretores da administração.

A oferta

Em 23 de julho, a Dimed concluiu a oferta de acompanhamento na qual captou R$ 1 bilhão. A empresa ofereceu 16 milhões de ações e a Kinea e a Fundação Petrobras de Seguridade Social - Petros venderam 18.557.112 milhões de ações a um preço de R$ 30.

Na oferta pública, o Banco Bradesco BBI atuou como coordenador líder da operação e o Banco BTG Pactual e o Banco Itaú BBA como coordenadores. Bradesco Securities, Inc., BTG Pactual US Capital e Itau BBA USA Securities atuaram como agentes de colocação internacional.

A empresa informou que usará os recursos obtidos na oferta primária para investir em novas lojas, em tecnologia e em infraestrutura logística.

Após a oferta, o capital social da companhia passou a R$ 912 milhões, dividido em 137.994.700 ações ordinárias e 13.485.690 ações preferenciais.

A Dimed produz, distribui e comercializa medicamentos, cosméticos e alimentos. A empresa opera a rede de farmácias Panvel, composta por mais de 450 lojas.


Assessores jurídicos

Assessores dos acionistas controladores privados:

  • MBZ Advogados: sócios Carlos Klein Zanini e Glauco da Rocha.

Assessores da Kinea Private Equity IV Master Fundo de Investimento em Participações:

  • Veirano Advogados: sócio Alberto de Orleans e Bragança. Associados Vitor Rozenthal e João Francisco de Almeida Brandão.

Una-se à discussão!

HTML Restringido

  • Allowed HTML tags: <a href hreflang> <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Web page addresses and email addresses turn into links automatically.