Skip to main content
A Central Hidroeléctrica Porto Primavera (Engenheiro Sérgio Motta) tem capacidade instalada de 1.540 megawatts (MW) e está localizada no rio Paraná / Cesp
A Central Hidroeléctrica Porto Primavera (Engenheiro Sérgio Motta) tem capacidade instalada de 1.540 megawatts (MW) e está localizada no rio Paraná / Cesp

Cesp emite títulos e capta R$ 1,5 bilhão

Recursos arrecadados serão usados para pagamento parcial da décima primeira emissão de títulos
por Ingrid Rojas
publicado em13/11/2020

Para receber nossa newsletter diária, inscreva-se aqui!

A CESP - Companhia Energética de São Paulo realizou a décima segunda emissão de bonds, em série única, pelo valor de R$ 1,5 bilhão, com remuneração equivalente à alíquota do IPCA + 4,30% ao ano e prazo de 10 anos (expirando em 15 de agosto de 2030).

A proposta de emissão foi aprovada pelo conselho de administração da companhia em 12 de agosto. Machado Meyer Advogados assessorou o emissor na preparação e revisão dos documentos da oferta, realizada no mercado nacional.

Pinheiro Guimarães Advogados auxiliou os coordenadores, que também receberam apoio das equipes jurídicas internas, na operação que foi encerrada em 21 de agosto.

A empresa informou que os recursos arrecadados serão destinados ao pagamento parcial das obrigações da décima primeira emissão, realizada para custear a renovação da concessão da Usina Hidrelétrica de Porto Primavera (Engenheiro Sérgio Motta), com capacidade de 1.540 megawatts (MW) e localizada no rio Paraná. A resolução do Ministério de Minas e Energia foi publicada em 15 de outubro de 2019. A Fitch Ratings concedeu rating “AAA (bra)” à proposta de emissão, de acordo com relatório datado de 17 de agosto.

A CESP gera e comercializa energia elétrica. Também administra a Usina Hidrelétrica Paraibuna, localizada no rio do mesmo nome e com potência de 87,02 MW. A empresa é controlada pela Votorantim Energia e pelo Canada Pension Plan Investment Board (CPPIB).


Assessores jurídicos

Assessores da CESP – Companhia Energética de São Paulo:

  • Machado Meyer Advogados: sócios Jose Prado, Adriano Schnur Gabriel Ferreira e Pedro Jardim. Advogado Renan Valverde Granja.

Assessores do Banco Itaú BBA S.A., Banco Bradesco BBI S.A., Banco Santander (Brasil) S.A., Banco do Brasil S.A., Banco Votorantim S.A. e Banco BTG Pactual S.A.:

  • Advogados in-house do Banco Itaú BBA S.A.: Rafael Vietti da Fonseca e Leticia Alexandre Martins.
  • Advogados in-house do Banco Bradesco BBI S.A.: Renata Antonini Machida, Luiz Henrique de Miranda e Mariana Sanches Pedroso.
  • Advogados in-house do Banco Santander (Brasil) S.A.: Paula Bendit David, Marina Falcone Chaves e José Eduardo De Lima Flores.
  • Advogados in-house do BB - Banco de Investimento S.A.: Danilo Cesar Rissato, Maurício Nascimento e Alexandre Silva dos Santos.
  • Advogados in-house do Banco Votorantim S.A.: Ana Beatriz Silva Antequera Rabello, Kaike Augusto Machado, Rodrigo Nogueira de Souza Junior, Murillo Flores Magalhães e Giovanna Abreu.
  • Advogadas in-house do Banco BTG Pactual S.A.: Felipe Andreu Silva, Gabriela Trevisan e Izabel Siqueira do Val.
  • Pinheiro Guimarães Advogados: sócios Bruno Lardosa, Pedro Barretto Vasconcellos e Carolina Alonso Camargo. Asociada Flávia Bonazza.

Una-se à discussão!

HTML Restringido

  • Allowed HTML tags: <a href hreflang> <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Web page addresses and email addresses turn into links automatically.