Skip to main content
dólares
dólares

Brasil anuncia emissão de títulos de 1 bilhão de dólares no mercado internacional

Bônus globais serão de 3 bilhões de dólares em duas parcelas
por Ingrid Rojas
publicado em30/01/2020
Compartilhar
Tags

Brasil

O Tesouro Nacional brasileiro ofereceu títulos globais nos mercados internacionais por US$ 3 bilhões em duas parcelas: um Bônus Global 50 por US$ 2,5 bilhões com cupom de 4,75% e prazo de 30 anos (com vencimento em 14 de janeiro de 2050); e o Bônus Global 29 por US$ 500 milhões, com cupom de 4.5% e prazo de 10 anos (com vencimento em 30 de maio de 2029). 

Essa emissão é adicional à feita em 28 de março de 2019 por US$ 1,5 bilhão. O governo brasileiro também recomprou títulos com vencimento em 2027, 2030, 2034, 2037, 2041, 2045 e 2047. A transação foi encerrada em 14 de novembro de 2019. O escritório Cleary Gottlieb Steen & Hamilton (Brasil e Estados Unidos) assessorou o país em questões societárias e tributárias.

Sullivan & Cromwell (Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido e França) assessorou o BNP Paribas Securities, o CitiGroup Global Markets e o Goldman Sachs & Co. na nova oferta. O escritório assessorou os bancos em questões de leis de valores mobiliários, impostos e com a Autoridade Reguladora do Setor Financeiro (FINRA, sigla em inglês). 

Pinheiro Neto Advogados também apoiou o BNP Paribas Securities, o CitiGroup Global Markets e o Goldman Sachs & Co., mas a empresa não respondeu aos nossos pedidos de informações. 

De acordo com um documento do Tesouro Nacional, a operação faz parte da estratégia de gerenciamento de passivos externos. Dos recursos captados no Global 50, US$ 1,04 bilhões foram usados para a recompra dos títulos, que são cotados na Bolsa de Valores de Luxemburgo.

Una-se à discussão!

HTML Restringido

  • Allowed HTML tags: <a href hreflang> <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Web page addresses and email addresses turn into links automatically.