Skip to main content
Le facilitan préstamo a largo plazo por 250 millones de dólares/Fotolia
Le facilitan préstamo a largo plazo por 250 millones de dólares/Fotolia

Avianca recebe financiamento da United Airlines e Kingsland

O empréstimo de longo prazo é de US$ 250 milhões
por Ingrid Rojas
publicado em02/01/2020

A companhia aérea colombiana Avianca Holdings recebeu um empréstimo garantido, por um período de quatro anos, da United Airlines e de seu acionista Kingsland Holdings por US$ 250 milhões. O financiamento pode ser convertido em ações ordinárias da Avianca.

O escritório Sidley Austin - Estados Unidos (Houston e Nova York), com uma equipe das áreas de fusões e aquisições, finanças e reestruturação globais, representou a United.

A Kingsland Holdings foi apoiada pelo escritório Cadwalader, com uma equipe corporativa, financeira e antitruste.

Os escritórios Greenberg Traurig - Estados Unidos (Miami) e Milbank, Tweed, Hadley & McCloy (Estados Unidos e Brasil) representaram a Avianca Holdings no contrato, que foi divulgado em 9 de dezembro. A equipe de Lex Latin foi informada que Smith, Gambrell & Russell também assessorou a Avianca, mas a firma não respondeu aos nossos pedidos de informações. A Seabury Securities prestou consultoria nos setores de investimentos e reestruturação.

O financiamento faz parte de um plano de reestruturação da dívida de mais de US$ 4,5 bilhões da empresa aérea, incluindo obrigações de arrendamento. O plano foi projetado pela companhia aérea colombiana em 2019 com consultoria da Seabury Capital e foi chamado Plano Avianca 2021. Para que ele seja implantado, o apoio financeiro da United e Kingsland é fundamental. Com o projeto, a Avianca quer melhorar seu desempenho financeiro e operacional.

Segundo comunicado da Avianca, o empréstimo da United e Kingsland se soma ao financiamento do fundo de investimento Citadel e investidores privados por US$ 125 milhões. Com isso, a empresa aérea tem US$ 375 milhões financiados. Em novembro, a Avianca Holdings emitiu títulos no mercado internacional por US$ 500 milhões como parte de uma operação de troca de títulos emitidos em 2012. Para que essa troca fosse feita, a companhia dependia do financiamento da United e Kingsland.

Com uma trajetória de mais de 100 anos, a Avianca voa para 76 destinos em 27 países. No ano passado, transportou 30,5 milhões de passageiros. 


Assessores jurídicos

Assessores de United Airlines, Inc.:

  • Sidley Austin - Estados Unidos (Houston e Nova York): Sócios: Kevin P. Lewis, Anna Ha, Leslie Plaskon e Michael Burke. Associados Eduardo Marquez e Hannah Rozow Owolabi.

Assessores de Kingsland Holdings: 

  • Cadwalader, Wickersham & Taft LLP: Sócios: Andy Alin, Kurt Oosterhouse e Joel Mitnick. Conselheiros especiais: Joanna Valentine e Nick Rampha. Associados: Evan Carter, Ryan Leverone, David Rusk, Tyler Carson, Christopher Smith e Daniel Shiner.

Assessores de Avianca Holdings S.A.:

  • Greenberg Traurig - Estados Unidos (Miami): Sócios: Emilio J. Alvarez-Farré e Yosbel A. Ibarra. Conselheiro: Arnaldo Rego. Associados: Thomas R. Martin e Igal Rojzman. Estagiário estrangeiro: Santos González Victorica.
  • Milbank, Tweed, Hadley & McCloy - Estados Unidos (Nova York): Sócios: Marcelo Motessi, Helfried Schwarz, Abhilash M. Raval e Nelly Almeida. Associados: Gonzalo Guitart, Robert (Bodie) Stewart, Gahee Lee, Andrea (Ray) Andrada e Zachary Cronin.
  • Milbank, Tweed, Hadley & McCloy - Brasil (São Paulo): Sócio Tobias Stirnberg.

Una-se à discussão!

HTML Restringido

  • Allowed HTML tags: <a href hreflang> <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Web page addresses and email addresses turn into links automatically.