Skip to main content
Fondos de inversión en América Latina: retos y oportunidades
Fondos de inversión en América Latina: retos y oportunidades

Fundos de investimento na América Latina: desafios e oportunidades

por Alejandro Cofiño
publicado em04/01/2018
Compartilhar

Qual é o rol do capital privado e os fundos de investimento – conhecidos mundialmente como private equity – no desenvolvimento de negócios e crescimento na América Latina? Qual é a regulação aplicável em países como o México, Brasil, Argentina e Colômbia? Quais são os desafios que têm esta indústria e os países receptores de investimentos privados para seguir crescendo e aproveitando oportunidades na região?

Temos notado que a América Latina é bem percebida pelos principais fundos de investimento devido às oportunidades que representa. O interesse dos referidos fundos se concentra mais, pelo momento, em investimentos a longo prazo com a estratégia correta e opções de saída (exit strategy). O investimento em infraestrutura em toda a região parece ser a necessidade maior no curto e médio prazo e a área de maior oportunidade para o capital privado e os fundos de investimento.

Contudo, captar este interesse mediante o investimento privado representa um grande desafio pela inexistência de regulação em vários países e pouco conhecimento do tema. Por isso, as leis do Estado de Nova Iorque seguem tendo grande influência nas transações de private equity. Os advogados da referida jurisdição seguem liderando as mesmas, apoiando-se nos advogados locais para temas específicos.

Certas regulações de investimento de capital privado e fundos de investimento de algumas jurisdições (por exemplo, EE.UU., México, Colômbia e Chile) são consideradas “sofisticadas” em contraste com outras que apenas começam a analisar o tema e facilitar as oportunidades, como a Argentina e o Peru. Por outro lado, as mais atrasadas não têm detectado ainda esta importante indústria como um agente adicional para incrementar o crescimento e desenvolvimento econômico. É o caso da América Central.

Sem dúvida, é necessário que os países centro-americanos identifiquem esta área de importante crescimento. É importante que gerem facilidades para que o capital privado e os fundos de investimento comecem a ser atores importantes em nossos mercados transacionais e o desenvolvimento de infraestrutura, logrando assim ter uma fonte adicional de recursos financeiros. Os referidos recursos permitirão maior flexibilidade e dinamismo para acoplar-se às necessidades de uma transação ou projeto determinado.

Una-se à discussão!

HTML Restringido

  • Allowed HTML tags: <a href hreflang> <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Web page addresses and email addresses turn into links automatically.